Aprenda a cuidas das temidas OLHEIRAS

 

Hoje as temidas olheiras estão entre os assuntos mais discutidos em encontro cosméticos não é mesmo? Mas você, de fato, sabe como tratá-las? No Blog de hoje vamos falar um pouquinho sobre a área dos olhos.

A região dos olhos é extremamente importante dentro da área facial da estética. À medida que o rosto envelhece, inúmeras características mudam com o tempo. As linhas de expressão se aprodundam, as sobrancelhas tender a cair, e a musculatura tende a começar a ceder, deixando assim o rosto flácido.

O sistema linfático envelhece, a circulação já não é mais a mesma e assim a região da parte inferior dos olhos começa a ser modificada. A coloração escurecida, a pele mais flácida e as bolsas de gordura se alojam no local.

Além de tudo isso que envolve o envelhecimento, existem alguns outros fatores que fazer com as algumas pessoas, mesmo que jovens, tenham olheiras. Como por exemplo, fricção excessiva por alergias, medicamentos que fazem vaso dilatação, uso constante de cigarros ou doenças do fígado e pâncreas.

Com toda essa informação muitas pessoas se perguntam, “mas olheira profunda é sinal de doença?”. Bom, a resposta é que não necessáriamente, mas sim, olheiras escuras ou profundas demais podem ser indícios de que tem algo errado com o organismo de sua cliente e o seu papel é aconselhá-la a procurarum médico para eliminar todas as possibilidades.

 

Compreender o impacto de tudo isso pode ajudar os profissionais da estética a decdir os melhores tratamentos e os mais efetivos quando o assunto for as temidas e insistentes olheiras. Abaixo estão alguns exemplos de substâncias importantes para um bom tratamento para região das olheiras:

 

Substâncias lubrificantes

Quando a pele começa a envelhecer (o que pode acontecer inclusive em uma idade bastante jovem), os níveis hormonais mudam e reduzem a produção de gordura, diminuindo a elasticidade da pele. Muitos clientes chegam às clínicas alegando falta de hidratação quando, na verdade, a pele contém uma quantidade razoável de água, mas não de óleo. Para resolver esse problema, os ésteres entram em cena. Quando aplicados sobre a pele, proporcionam uma imediata sensação de frescor e maciez

Substâncias hidratantes

Os hidratantes são vitais porque a área dos olhos é uma estrutura extremamente delicada. Manter a pele hidratada nesta área ajuda as atividades biológicas básicas, como a reconstrução celular normal, otimizando a estética da área. A hidratação também reduz linhas finas e rugas.

Ativos botânicos

Existem centenas de extratos botânicos disponíveis para reduzir as rugas, o inchaço e as olheiras. Mas é importante observar a formulação do cosmético antes de utilizá-lo. Se os ingredientes botânicos forem os últimos da lista de ingredientes, certamente o produto não será para esteticistas.

Os profissionais da estética devem se manter atentos ao tipo de conservantes utilizados nos cosméticos, pois alguns desses ingredientes podem irritar a área dos olhos com a frequência de uso. Esse problema é conhecido como uma reação de sensibilização na pele. Em geral, não é uma boa ideia usar cosméticos muito perfumados por essa mesma razão. Evite, ainda, produtos com sulfatos.

Peptídeos

Dependendo de sua estrutura, os peptídeos podem fazer muitas coisas, como ativar as células cutâneas para produzir colágeno, elastina e lipídios. Os peptídeos também podem regular as atividades biológicas das células. Existe uma regra geral que os profissionais devem seguir ao usar peptídeos ou outros ingredientes ativos, conhecida como a regra dos três Ds, em inglês: dose (quantidade), deepness (profundidade) e delivery (entrega). Em outras palavras, é importante usar a dose correta de ativos na pele, na profundidade ideal, e com o mecanismo de entrega adequado.  O excesso de substâncias pode irritar a pele, assim como sua escassez pode não tornar o tratamento eficaz.

 

 

Espero que vocês tenham gostado, nos vemos na próxima terça-feira com mais um post no blog.

Um beijo,

Maíra Milreu.

 

 

 

 

 

Leia Mais